Sacos de plástico mais caros

Desde o dia 15 de fevereiro todos os sacos de plástico com alças com uma espessura igual ou inferior a 50 microns passaram a incorporar uma contribuição de 8 cêntimos mais IVA.
A contribuição é aplicada a toda a cadeia de produção, importação e comercialização e repercute-se obrigatoriamente no consumidor.

A ideia é reduzir a produção que já foi de 466 unidades por pessoa por ano, para uma média  de 50 sacos plástico já em 2015. A redução da produção serve o propósito de permitir a triagem de resíduos para decomposição em aterro e diminuir o risco para aves e animais marinhos ao confundir o plástico com alimento. Excelente álibi para tributar. Não é por um imposto ser verde que deixa de o ser.

Comentários

MENSAGENS MAIS LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

ATUALIZAÇÃO DAS RENDAS PARA 2022

TRIBUNAL CONSTITUCIONAL DECLARA INCONSTITUCIONALIDADE DO DIREITO DE PREFERÊNCIA DOS INQUILINOS RELATIVO A PARTES DE PRÉDIOS NÃO CONSTITUÍDOS EM PH

ALTERADO O REGIME DA PROPRIEDADE HORIZONTAL

TRABALHADORES INDEPENDENTES: ENTREGA DO ANEXO SS DA DECLARAÇÃO MODELO 3 DO IRS

NOVOS VALORES DO ABONO DE FAMÍLIA, DO ABONO PRÉ-NATAL E RESPETIVAS MAJORAÇÕES

DÍVIDAS DE IRS E IRC ATÉ 5.000 E 10.000 € PODEM SER PAGAS EM PRESTAÇÕES